ASSINE O NOSSO:
 
globe.png
 
Especialistas Mundiais na
Cadeia de Suprimentos de
Produtos de Base Florestal

mail.pngtwitter.pnglinkedin.pnglinkedin-slide.png

Encontre-nos no Twitter:
@forest2marketdobrasil
@forest2market

Postagens Recentes

Se inscreva para receber atualizações por e-mail

MONITORAMENTO DE MERCADO

Empresários e entidades do setor florestal se reúnem para discutir as perspectivas de mercado para 2018

Posted by Marcelo Schmid on 14 Dezembro 2017

Foi realizado na última sexta-feira (08/12) o III Seminário Regional sobre o Mercado Florestal: Perspectivas para Santa Catarina e Paraná em 2018. O evento foi o terceiro de uma série de eventos promovidos pela Forest2Market do Brasil em parceria com associações representativas do setor e empresas privadas.

O evento, que contou com o patrocínio da RMS do Brasil Administração de Florestas, empresa responsável pela gestão de terras florestais em Santa Catarina e no Paraná e com o apoio da Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR) e da Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal (APRE), teve por objetivo reunir os principais atores do mercado de base florestal regional em discussões acerca dos principais desafios e perspectivas setoriais para 2018. O encontro ocorreu no município de São Bento do Sul, em Santa Catarina, e contou com a participação de 60 profissionais, representantes de empresas produtoras e consumidoras de madeira, além de instituições setoriais, reunindo diversas opiniões a respeito das perspectivas do setor para o ano de 2018.Brazil_Seminar1.jpg

O evento foi aberto pelo diretor da Forest2Market do Brasil Marcelo Schmid. Na sequência, os representantes da ACR, Mauro Murara, e da APRE, Ailson Loper, apresentaram os números setoriais para os estados de Santa Catarina e Paraná respectivamente, bem como as potencialidades e desafios a serem enfrentados pelas empresas de base florestal no futuro próximo. Em seguida, Marcelo Schmid apresentou as tendências e perspectivas do mercado de madeira para 2018 em uma perspectiva global, abordando as oportunidades do mercado externo para as empresas produtoras de madeira.

O diretor da RMS, Fábio Brun, apresentou as expectativas para o mercado de pinus a partir de uma análise dos principais indicadores macroeconômicos brasileiros e as perspectivas otimistas para o futuro. O ciclo de palestras foi encerrado pelo depoimento de Felipe Fuck, da Fuck Compensados, apresentando o panorama atual do mercado de painéis. Em seguida, os palestrantes e convidados se reuniram para uma rodada de perguntas onde foram abordadas questões como disponibilidade e preços da madeira.

De forma geral, os coBrazil_Seminar2.jpgnvidados demonstraram otimismo sobre o ano de 2018, assinalando que a recuperação econômica do país deve continuar, repercutindo positivamente sobre o setor florestal. Entretanto, alguns se mostraram receosos acerca dos resultados das eleições presidenciais, entendendo que seu resultado pode ter certa influência sobre a atividade do setor florestal, embora haja consenso de que o setor é um dos menos afetados pela instabilidade política e econômica do país.

Os resultados do evento demonstram mais uma vez a importância do networking entre as empresas e instituições para o setor de base florestal. Além disso, a Forest2Market do Brasil reafirma seu compromisso em auxiliar o desenvolvimento do setor florestal brasileiro pela promoção de inteligência florestal baseada em dados exclusivos e envolvimento de toda a cadeia produtiva.

Em 2018 a empresa dará continuidade aos seminários regionais pela organização de novos eventos, sempre em regiões de importância para o mercado florestal brasileiro.

Saiba mais sobre os produtos e serviços da Forest2Market do Brasil

Topics: Benchmark de preços, Mercado florestal, economia florestal

mail.pngtwitter.pnglinkedin.pnglinkedin-slide.png