ASSINE O NOSSO:
 
globe.png
 
Especialistas Mundiais na
Cadeia de Suprimentos de
Produtos de Base Florestal

mail.pngtwitter.pnglinkedin.pnglinkedin-slide.png

Encontre-nos no Twitter:
@forest2marketdobrasil
@forest2market

Postagens Recentes

Se inscreva para receber atualizações por e-mail

MONITORAMENTO DE MERCADO

Oportunidade para investimento na Indústria florestal do Uruguai

Posted by Marcelo Schmid on 26 Junho 2018

No dia 13 de junho, Curitiba sediou o evento “Oportunidades de Desenvolvimento da Indústria Madeireira no Uruguai”, promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci).

uruguay

Estavam presentes no evento representantes do governo do Uruguai e empresári

os do setor madeireiro. O cenário otimista, de expansão do setor florestal e a possibilidade de instalação de empresas estrangeiras naquele país, foi discutido.

A Forest2Market do Brasil participou desse evento e trouxe alguns dados comparativos entre o mercado de pinus brasileiro e uruguaio, mostrando que este país pode ser um ambiente favorável a investimentos quando comparado àquele:

Quadro 1. Mercado de pinus Brasil x Uruguai

brasil

Fonte: Forest2Market do Brasil

Conforme visto no quadro acima, apesar de apresentar um volume de madeira menor em termos abso

lutos quando comparado ao Brasil, existe relevante oferta de madeira de pinus no Uruguai e, aliado à Lei Florestal 5.939 que traz benefícios tributários para as empresas do setor, o país torna-se um local de possibilidades para indústrias do setor madeireiro. Além disso, o volume atualmente exportado em toras pelo país poderá também ser direcionado para uso industrial, aumentando o volume sustentável e disponível de madeira para cerca de 4 milhões de metros cúbicos ao ano. Destaca-se também que, ao contrário do Brasil, todo o plantio de pinus do Uruguai é podado e manejado, resultando em toras superiores, de densidade mais alta que as toras brasileiras, tornando-as especialmente atrativas para o uso industrial.

Os preços da tora de pinus no país, assim como no Brasil, são bastante competitivos em escala global. Sabe-se que diante do aumento do consumo de tora de pinus por parte de grandes players esperado para o Brasil nos próximos anos, aliado à dificuldade de expansões de novas áreas produtivas na região sul do país (onde é cultivado o pinus), o preço desta matéria-prima aumentará em nosso país, tornando o Uruguai uma alternativa para instalação de novas fábricas que possam fazer uso desta madeira.

 

Topics: setor florestal, setor madeireiro, exportações, Uruguai, serraria

mail.pngtwitter.pnglinkedin.pnglinkedin-slide.png